Lucha Libre: conheça algumas curiosidades deste espetáculo mexicano

Lucha Libre: conheça algumas curiosidades deste espetáculo mexicano

A Lucha Libre, é um verdadeiro show, que tem uma tradição de mais de 100 anos. As lutas, encenadas, são realizadas por atletas profissionais. Embora seja visto como um esporte, a Lucha Libre trata-se de uma atividade privada, que ganhou força na década de 30, logo após o mexicano Salvador Lutteroth Gonzalez ir aos EUA e criar a Empresa Mexicana de Lucha Libre (EMLL), atualmente denominada Consejo Mundial de Lucha Libre (CMLL).

Assim como o MMA, a lucha libre é uma modalidade que não possui uma confederação nacional. Os lutadores combinam e planejam todos os golpes e quem ira ser o vencedor da luta. Toda a história e curiosidades sobre essa luta não impede que ela seja um fenômeno no México.

Confira, algumas curiosidades sobre a Lucha Libre, esse grande espetáculo mexicano.

Regras

As regras da Lucha Libre são simples e tem como objetivo derrubar o oponente e permanecer no chão durante 3 segundos, que são contados pelo juiz com tapas no chão.

A luta chega perto do terceiro tapa diversas vezes, mas geralmente acontece algo que impede o seu término. Exemplos os acontecimentos inusitados que vemos, como: um lutador invade o ringue com uma cadeira acertando o combatente ou quando um anão pula no meio do confronto salvando o lutador que estava perdendo.

Os lutadores são divididos em duas categorias: os rudos, chamados de caras difíceis, que são considerados "bandidos" por quebrarem as regras. E os técnicos, ou bons lutadores, que praticam as regras, com movimentos complexos e espetaculares. A Lucha Libre considera por si mesmo que não é exatamente um esporte, pois é considerada como um espetáculo, em que movimentos são coreografados, garantindo também que os lutadores não se machuquem.

Máscaras

A máscara, característica da luta, desenvolve o papel de demonstrar a personalidade do lutador. Além de serem importantes para o lutador, fornecem anonimato ao homem mascarado que está lutando.

O primeiro guerreiro mascarado conhecido foi Ciclón Mckey, também foi chamado de “A Maravilha Mascarada”. Confeccionada sob medida, esse acessório é feito de couro especialmente por um artesão que saiba trabalhar com aquele material. A partir dos anos 40, as máscaras são feitas de cetim, pois não precisavam de costuras grossas e deixavam o lutador transpirar melhor.

Cada lutador escolhe a máscara que mais lhe agrada, sendo cor e o estilo também definidos por eles. De acordo com a cultura mexicana, ao final da luta, o perdedor deve tirar a sua máscara, em sinal de derrota.

Dramaturgia

Na lucha libre podemos contar também com a famosa dramaturgia mexicana.

Quando começa uma nova temporada, são estabelecidas as funções que os técnicos e rudos desempenharam, além de quais lutas serão vencidas pelos vilões e mocinhos. Assim, toda a trama é montada para que a plateia se envolva de verdade com a história.

A paixão do público, quase sempre gera brigas entre as próprias torcidas, colocando a lucha libre como um dos esportes mais famosos no México.
Esta paixão também é partilhada com diversos outros países, onde na década de 1980, as lutas chegaram a ser transmitidas pela TV consagrando inúmeros personagens.

A platéia

As arenas das Luchas Libres parecem ginásios esportivos devido ao grande público que lota as cadeiras em todos os shows. Durante o espetáculo, existe um conflito entre as alas, onde o lugar dos donos dos ingressos mais baratos ofende os compradores das entradas mais caras e vice-versa, com zoações e palavrões. Apesar disso, a rivalidade quase nunca parte para a violência, considerando a lucha libre um programa onde a família pode aproveitar com seus filhos.

A Lucha Libre se tornou popular desde a década de 80, reunindo os admiradores da modalidade. Apesar de não ser considerado esporte, a luta livre reúne fãs, e lota os lugares onde o espetáculo acontecem, características similares aos torcedores de futebol.

Um verdadeiro show, que faz você torcer animadamente.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Newsletter

Contato

75 3625-8496

vendas@naika.com.br

Av. Maria Quiteria, N. 1411 C, Terreo B, Ponto Central - Feira de Santana - BA - 44.075-445

Redes Sociais