Conheça a origem do Jiu-Jitsu no mundo e no Brasil

Conheça a origem do Jiu-Jitsu no mundo e no Brasil

A origem precisa do Jiu-Jitsu é desconhecida, mas acredita-se que tenha surgido a partir de diferentes povos que viviam em regiões que, hoje, abrangem desde a Índia até a China, provavelmente entre os séculos III e VIII.

Jiu-Jitsu significa, em uma tradução literal, “técnica suave” ou “arte suave”. Embora haja diferentes interpretações desse significado, o motivo mais aceito vem do fato de que esse conjunto de técnicas se contrapõe às lutas que fazem uso de armas e também à outras técnicas que se utilizam de golpes mais traumáticos (como chutes e socos). A arte suave prioriza técnicas de alavanca e imobilização, utilizando o peso e a força do oponente como elemento crucial.

Por mais que sua origem seja imprecisa, o desenvolvimento dos golpes e técnicas de Jiu-Jitsu aconteceram no Japão, através das escolas de samurais, guerreiros oficiais do país na época do Japão Feudal.

Naquela época, no Japão, o Jiu-Jitsu surge como uma arte marcial que diferia das técnicas rígidas, como o kenjitsu, onde os combatentes usavam armas, como punhais e espadas.

Inicialmente o Jiu-Jitsu era visto como uma luta marginalizada. Até que o mestre Jigoro Kano revolucionou as técnicas de luta, transformando no Judô, que utiliza os princípios de combate do antigo Jiu-Jitsu.

Já no Brasil, o Jiu-Jitsu ganhou um estilo específico, conhecido também como BJJ (Brazilian Jiu Jitsu), um esporte de combate e autodefesa que surge no começo do século XX, a partir do Judô.

Como surgiu o jiu-jitsu brasileiro?

O japonês Mitsuyo Maeda, especialista em artes marciais do Oriente, chegava ao Brasil após uma turnê pela América do Norte e Central, onde apresentava pela primeira vez no continente o Judô e o Jiu-Jitsu.

Mais conhecido pelo apelido Conde Koma, Maeda passou a morar em Belém do Pará, como auxiliar do cônsul do Japão, e mesmo assim nunca deixou de ensinar as lutas em que era mestre. Carlos Gracie, que foi um de seus alunos de maior destaque foi um dos responsáveis por difundir o estilo no Brasil juntamente com sua família. Seu irmão, Hélio Gracie, é um dos principais responsáveis pela evolução do estilo no Brasil, ao desenvolver uma técnica própria, baseada em golpes que usam o peso do seu corpo e do adversário.

No início do esporte, Hélio, constatou que o sistema funcionava melhor no chão, onde o peso do corpo atingia força máxima. Nessa estratégia dupla, de privilegiar os golpes que levam a luta ao solo, é onde surge sua grande contribuição à luta original, possibilitando que um lutador mais fraco vença oponentes pesados.

Foi essa técnica que deslumbrou e criou fãs em todo o planeta, quando Royce Gracie, filho de Hélio, com apenas 77 quilos, derrotou Ken Shamrock, de 95 quilos, no Campeonato Mundial de Vale-Tudo de 1993.

A partir desse grande destaque, o estilo tornou-se cada vez mais popular, apelidado de BJJ (Brazilian Jiu Jitsu) a técnica é praticada em centenas academias no mundo todo.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Newsletter

Contato

75 3625-8496

vendas@naika.com.br

Av. Maria Quiteria, N. 1411 C, Terreo B, Ponto Central - Feira de Santana - BA - 44.075-445

Redes Sociais