Conheça a diferença entre Judô e Jiu-jitsu

Conheça a diferença entre Judô e Jiu-jitsu

As artes marciais foram criadas há milhares de anos, e passaram a ser praticadas no Brasil, com a vinda dos imigrantes japoneses, no início do século XX.

Dentre as artes marciais mais populares e praticadas, destacam-se o Judô e o Jiu-jitsu, que trazem inúmeros benefícios para os seus praticantes. O atleta aprende a ter disciplina e organização, lembrando também que é exigida a concentração para a execução dos golpes, pois, ao serem realizados com precisão, derrubam qualquer adversário garantindo a vitória.

O fato curioso é que as duas modalidades têm muitas coisas em comum, já que Judô originou-se do Jiu-jitsu. O Judô tem como doutrina o treinamento de ataques e defesas para capacitar o corpo e o espírito, o que torna a essência espiritual do Judô uma parte de seu próprio ser.

Todos os valores que judoca aprende em seus treinamentos, devem ser praticadas no dia-a-dia, assim como as cinco regras básicas que todo praticante de Judô deve seguir: Disciplina, Educação, Respeito, Técnica e Desenvolvimento da Força Física.

Assim como em qualquer arte marcial, no Judô, é preciso certo grau de agressividade para se obter sucesso, em especial nas competições do esporte, porém, esses casos onde a agressividade é exigida são positivos, conforme as regras da competição. É importante ressaltar que o atleta precisa de autocontrole para conter essa agressividade, adquirida por meio de orientação e treinamento.

Já o Jiu-Jitsu, apesar de compartilhar a mesma filosofia que o Judô, trabalha com movimentos mais violentos e pesados, pois a técnica surgiu originalmente para formar os samurais, e tem como principal objetivo a imobilização ou o estrangulamento do oponente.

É importante salientar que o praticante de Jiu-Jitsu, principalmente na vertente brasileira da luta tem o foco mais dedicado às competições e na explosão de movimentos. O Jiu- Jitsu brasileiro foi um aprimoramento das técnicas orientais desenvolvido pelos irmãos Gracie, e tem como principal característica o aperfeiçoamento das técnicas de chão e do uso da força e do peso do oponente como elementos para o êxito.

Qual a diferença entre os golpes de judô e jiu-jitsu?

Os golpes do Judô estão voltados para o ippon, golpe que dá a vitória na luta. Por isso, são aplicados em arremessos, para lançar o adversário ao chão, garantindo assim a vitória da luta. As finalizações permitidas, no chão, são apenas a chave de braço e o estrangulamento, além das imobilizações permitidas conforme as regras desportivas da competição.

Nos golpes de Jiu-Jitsu têm o principal objetivo e foco e a imobilização e o estrangulamento do oponente, para assim finalizar a luta. Apesar de começar em pé, o jiu-jitsu é mais avançado no chão, e tem uma série maior de golpes de imobilização e estrangulamento, o que gera mais finalizações que no Judô.

As duas modalidades se complementam e são indicadas para os lutadores.Quem pratica o Judô e passa a treinar Jiu-Jitsu, pode aprender técnicas de solo, que fazem toda a diferença contra um adversário que domina apenas as técnicas de “judô puro”. Já o praticante de Jiu-Jitsu que venha a treinar Judô ganha o aumento dos seus reflexos apurados e mais agressividade para melhorar a performance da luta em pé.

Dessa forma, ambas as prática das artes marciais são consideradas importantes, acompanhando a filosofia do esporte como algo que o atleta pode levar para a vida toda e utilizá-la em seu dia a dia.

Este artigo foi útil para você? Seu feedback é muito importante para nós. Deixe seu comentário, curta, compartilhe e assine a nossa newsletter!

Newsletter

Contato

75 3625-8496

vendas@naika.com.br

Av. Maria Quiteria, N. 1411 C, Terreo B, Ponto Central - Feira de Santana - BA - 44.075-445

Redes Sociais